Fórum Estadual de Roraima

  • Noticias

  • Agenda

  • Biblioteca

  • Contato

Notícia

20/06/2018 09:49:28 - Atualizado em 20/06/2018 09:49:28


Boa Vista recebe a exposição “Às vezes criança: um quase retrato de uma infância roubada”

Acervo tem fotos e poemas de auditores-fiscais do trabalho

Com fotos de Sérgio Carvalho e poemas de Rubervam Du Nascimento, ambos auditores-fiscais do Trabalho, Boa Vista (RR) recebeu pela segunda vez a exposição “Às vezes criança: um quase retrato de uma infância roubada”.
 
A exposição foi realizada pela Superintendência Regional do Trabalho e pelo Sindicato Nacional dos Auditores-Fiscais do Trabalho e teve apoio do Fórum Roraimense de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil, e ficou exposta em Shopping da capital entre os dias 12 e 19 de junho de 2018.
 
Segundo a coordenadora do Projeto de Combate ao Trabalho Infantil em Roraima, Thais Castilho, a exposição teve por objetivo sensibilizar a sociedade roraimense a respeito do trabalho infantil e seus malefícios. "Apesar de termos avançado e muito no combate ao trabalho infantil, o número de crianças e adolescentes, entre 05 a 17 anos laborando em atividades proibidas para sua faixa etária ultrapassa a 2 milhões no Brasil. Além disso, o Estado de Roraima recebe diariamente cerca de 500 imigrantes vindos da Venezuela, muitos deles crianças e adolescentes, em situação de extrema vulnerabilidade sócio-econômica que pode levá-los aos trabalho proibido, elevando assim em um futuro próximo, os números do trabalho infantil em nosso estado."    
 
Andreia Donin, coordenadora do Grupo Especial de Fiscalização Móvel de Combate ao Trabalho Escravo, lembra que trabalho infantil e trabalho escravo estão intimamente relacionados tendo em vista que dados apresentados pela Organização Internacional do Trabalho apontam que no Brasil a grande maioria dos trabalhadores resgatados em condições análogas a de escravo ingressaram precocemente no mercado de trabalho em atividades proibidas para sua faixa etária. 


Deixe seu comentário

Login

Comentários (0)

Destaques

FNPETI participa da 2ª Jornada Nacional de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora

Fórum aborda a vulnerabilidade de crianças e adolescentes em situação de trabalho infantil

Aumenta o número de crianças em situação de pobreza entre 2016 e 2017

IBGE divulga Síntese dos Indicadores Sociais. m 2017, dois em cada cinco trabalhadores do país eram informais

O gosto amargo do trabalho infantil e do trabalho escravo pode estar no chocolate

Para conscientizar os envolvidos na cadeia produtiva do cacau no Brasil, MPT e OIT divulgam pesquisa e documentário

Acesse o III Plano Nacional de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil e Proteção ao Adolescente Trabalhador

Plano abrange os anos de 2019 a 2022 e está disponível no site do FNPETI