Fórum Estadual do Rio Grande do Norte

  • Noticias

  • Agenda

  • Biblioteca

  • Contato

Notícia

09/10/2017 13:21:43 - Atualizado em 09/10/2017 13:25:08


Oficina Pedra, Papel e Tesoura reúne representantes de oito municípios de RN em Natal

Participantes serão multiplicadores da metodologia em suas cidades para abordar o trabalho infantil

O Fórum Estadual de Combate ao Trabalho da Criança e Proteção ao Trabalhador Adolescente (FOCA-RN) realizou, em parceria com o Canal Futura, a oficina Pedra, Papel e Tesoura, em Natal, com representantes de oito municípios do Rio Grande do Norte. 

 
A oficina aconteceu no dia 21 de setembro, com a participação de técnicos das pastas de Educação e Assistência Social, além de integrantes do FOCA, com a proposta de torna-los multiplicadores, em seus municípios, da metodologia, que será utilizada para tratar de assuntos relacionados ao trabalho infantil.
 
A Oficina faz parte do planejamento das ações do Fórum Estadual  alusivas ao dia 12 de outubro, tendo como foco as escolas, onde vem sendo desenvolvido um trabalho em parceria com o Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest-RN), visando disseminação da temática " Trabalho Infantil  e os prejuízos para a saúde". O encontro teve como parceiro o (Cerest-RN) e aconteceu no auditório da Secretaria do Estado de Saúde Pública (SESAP-RN).
 


Deixe seu comentário

Login

Comentários (0)

Destaques

De Volta à Escola: um convite do Nobel da Paz, Kailash Satyarthi

Nesta sexta-feira (20), a atividade mobilizará a visita de representantes de diversos setores às escolas públicas

Crianças e adolescentes viram deputados no Câmara Mirim

Nos dias 19 e 20 de outubro, 350 estudantes do 5º ao 9º ano vão conhecer todas as etapas do processo legislativo

Educação infantil é tema de debate na Pinacoteca do Estado de São Paulo

Evento nesta terça-feira (17) marca 10 anos do Programa Creche para Todas as Crianças, da Fundação Abrinq

Fiscalização encontra 118 crianças e adolescentes nas piores formas de trabalho infantil

Crianças trabalhavam em aterro sanitário, feiras públicas e nas ruas de Boa Vista (RR)