Fórum Estadual do Rio de Janeiro

  • Noticias

  • Agenda

  • Biblioteca

  • Contato

Notícia

18/05/2018 14:43:28 - Atualizado em 30/05/2018 08:26:30


FEPETI-RJ realiza o lançamento da Campanha Mundial contra o Trabalho Infantil

Realizado no Museu do Amanhã, evento trará informações importantes sobre o trabalho infantil no Brasil e terá uma série de atividades para crianças, adolescentes e jovens

O Fórum Estadual de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil e de Proteção ao Trabalhador Adolescente do Rio de Janeiro – FEPETI/RJ –, em parceria com o Comitê de Proteção Integral a Crianças e Adolescentes nos Megaeventos do Rio de Janeiro e o Acordo de Cooperação para Combate ao Trabalho Infantil no Estado do Rio de Janeiro, realizará, no dia 12 de junho, o lançamento da Campanha Mundial contra o Trabalho Infantil. O evento será realizado no Museu do Amanhã, às 10h, com entrada franca, sujeita à lotação do espaço, e aberto a todos os interessados.

Com foco na problematização do tema e na mobilização dos agentes governamentais e da sociedade civil, o evento terá, na parte da manhã, uma mesa de abertura, composta por autoridades ligadas à causa, uma apresentação de dados sobre o trabalho infantil e, em seguida, o lançamento oficial da campanha. Na parte da tarde, serão realizadas diversas atividades culturais, como oficinas, apresentações de esquetes e atividades recreativas.

A comissão organizadora do evento ainda conta com as seguintes instituições: Ministério do Trabalho/SRTb/RJ; Ministério Público do Trabalho/ 1ª Região; Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia, Inovação e Desenvolvimento Social/SECTIDS;  Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos/SMASDH/RJ; Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho 1ª Região/AMATRA1; Fundacentro/RJ; ECPAT Brasil; Furnas; Centro de Integração Empresa-Escola/CIEE Rio; Associação Beneficente São Martinho; CAMP Mangueira; ACTERJ; Canal Futura e Museu do Amanhã.

O dia 12 de junho é o dia mundial de combate ao trabalho infantil. Nessa data, são promovidas reflexões sobre o direito de todas as crianças à infância segura, à educação e à saúde, livres da exploração e de outras violações. Os eventos realizados ao redor do mundo têm objetivo de conscientizar a sociedade sobre os prejuízos causados pelo trabalho infantil e a necessidade de eliminá-lo do planeta.

Em 2018, o Brasil adotou o tema “Piores Formas: Não proteger a infância é condenar o futuro!”. O título chama a atenção para as consequências danosas do trabalho infantil para o futuro de nossas crianças e nossos adolescentes. A campanha brasileira destaca as piores formas de trabalho infantil e comemora os 10 anos da lista TIP, a Lista das Piores Formas de Trabalho Infantil, promulgada por meio do Decreto 6.481, de 12 de junho de 2008, que se tornou referência para o combate ao Trabalho Infantil no país.

O esforço do governo brasileiro para erradicação do trabalho infantil vem se refletindo na redução constante do quantitativo de crianças e adolescentes nessa condição, mas ainda temos 1.026.290 crianças e adolescentes, na faixa etária de 5 a 15 anos, trabalhando, o que significa uma taxa de 3,1%. Portanto, precisamos manter as ações de enfrentamento para erradicarmos o trabalho infantil até 2025, conforme estabelece a meta 8.7, da Agenda do Desenvolvimento Sustentável. 


SERVIÇO
Lançamento da Campanha Mundial Contra o Trabalho Infantil
Data: 12 de junho
Horário: das 10h às 17h
Local: Museu do Amanhã
Endereço: Praça Mauá, 1 – Centro. Rio de Janeiro – RJ


Deixe seu comentário

Login

Comentários (2)

EDILENE SANTOS

01 de Outubro de 2018 às 15:49:41
BOA TARDE!
POR GENTILEZA DESEJO SABER QUAL A LEI OU DECRETO MUNICIPAL QUE INSTITUI O FORUM, E SE HÁ UM FUNDO INSTITUIDO

Rosana

06 de Agosto de 2018 às 12:37:23
Gostaria de receber datas de Eventos e tbm material Didático .
Agradeço

Destaques

FNPETI participa da 2ª Jornada Nacional de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora

Fórum aborda a vulnerabilidade de crianças e adolescentes em situação de trabalho infantil

Aumenta o número de crianças em situação de pobreza entre 2016 e 2017

IBGE divulga Síntese dos Indicadores Sociais. m 2017, dois em cada cinco trabalhadores do país eram informais

O gosto amargo do trabalho infantil e do trabalho escravo pode estar no chocolate

Para conscientizar os envolvidos na cadeia produtiva do cacau no Brasil, MPT e OIT divulgam pesquisa e documentário

Acesse o III Plano Nacional de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil e Proteção ao Adolescente Trabalhador

Plano abrange os anos de 2019 a 2022 e está disponível no site do FNPETI