Notícia

11/06/2018 14:42:13 - Atualizado em 11/06/2018 14:42:13


ESMPU realiza simpósio sobre trabalho infantil de crianças e adolescentes

Evento discute ações práticas de conscientização, prevenção e combate à exploração do trabalho infantil

A Escola Superior do Ministério Público da União (ESMPU) realiza o Simpósio “A proteção da criança e do adolescente frente ao trabalho infantil: atuação necessária como garantia ao direito à vida”,  nos dias 12 e 13 de junho, em Brasília. O evento é aberto ao público externo e a membros e servidores do Ministério Público da União (MPU). 
 
A atividade visa discutir ações práticas de conscientização, prevenção e combate à exploração do trabalho da criança e do adolescente.
 
Programação
Ao longo dos dois dias de evento serão realizadas quatro palestras. A primeira, em 12 de junho, às 14h30, abordará “O Ministério Público do Trabalho e sua atuação na defesa da saúde e segurança no trabalho. Implicações relativas à proibição do trabalho infantil”, com o procurador do Trabalho e Vice-Coordenador Nacional da COORDINFÂNCIA Ronaldo José de Lira. Em seguida, às 16h, o debate será sobre “As piores formas de trabalho infantil e seu enfrentamento na realidade brasileira”.
 
Na manhã do segundo dia (13/06), às 8h30, a secretária executiva do Fórum Nacional de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil, Isa Oliveira, falará sobre “As piores formas de trabalho e seu enfrentamento na realidade brasileira”. A última palestra, às 10h, será “A atuação internacional frente ao trabalho infantil – Reflexos e desafios para a realidade brasileira”, coordenadora da área de Prevenção e eliminação do Trabalho Infantil da Organização Internacional do Trabalho (OIT), Maria Cláudia Falcão.
 
O Simpósio será realizado no auditório Pedro Jorge I da ESMPU (quadra 604 – L2 Sul – 1º subsolo).
 
Receberão certificado os participantes com frequência mínima de 85%. 

Fonte: ESMPU


Deixe seu comentário

Login

Comentários (0)

Destaques

Intoxicação por agrotóxicos atinge as escolas rurais

Noventa crianças e jovens, intoxicadas em Goiás em 2013, estão abandonadas, denuncia o então diretor da escola - demitido e silenciado

Comentário Geral nº 19 da ONU recebe primeira tradução em língua portuguesa

Documento disponível para download aborda a elaboração de orçamentos públicos para efetivar os direitos das crianças

FNPETI debate a prevenção do envolvimento de crianças e adolescentes no tráfico de drogas

Grupo de trabalho realizou o primeiro de três encontros na quinta-feira (12)

FNPETI lança campanha #votepelosdireitos no aniversário do ECA

Mobilização chama a atenção para a necessidade de escolher candidatos que tenham compromisso com os direitos humanos, principalmente de crianças e adolescentes