Fórum Estadual de Goiás

  • Noticias

  • Agenda

  • Biblioteca

  • Contato

Notícia

11/07/2017 14:35:34 - Atualizado em 11/07/2017 14:35:34


Orizona-GO realiza ação de combate ao trabalho infantil

Crianças e adolescentes participaram de palestras e concursos como forma de prevenir o trabalho infantil

Em alusão ao Dia Mundial e Nacional de Combate ao Trabalho Infantil (12 de junho), o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) em Orizona (GO) desenvolveu uma ação com crianças e adolescentes do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV-CAF). 
 
A prevenção ao trabalho infantil ficou por conta de palestras de orientação, vídeos e o concurso de desenho e redação com o tema “É tempo de brincar e ir a escola: Diga não ao trabalho infantil”. No dia 13 de junho, no auditório do Fórum de Orizona, foi realizada a cerimônia de premiação dos vencedores dos trabalhos, apresentação cultural com a música “Diga não ao trabalho infantil” com letra e melodia feita pelas próprias crianças e adolescentes, seguidos de um lanche especial para todos os participantes.
 
As secretarias municipais de Ação Social, Esporte, Saúde e Educação, o Conselho Tutelar, o Ministério Público, a Promotoria de Justiça, o Fórum Nacional de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil (FNPETI), a Turma do Plenarinho, a Câmara de Vereadores e Prefeitura de Orizona foram parceiros nestas ações.
Os participantes receberam os broches de cata-vento fornecidos pelo FNPETI, além de revistinhas do Plenarinho e da Turminha do MPF.
 


Deixe seu comentário

Login

Comentários (0)

Destaques

FNPETI divulga Campanha de 12 de junho de 2018

Tema deste ano são as piores formas de trabalho infantil

PRF mapeia 2,4 mil pontos vulneráveis à exploração sexual de crianças

Estradas e rodovias federais foram avaliadas no levantamento da Childhood e da PRF

Adolescentes participantes do II Congresso Brasileiro de Enfrentamento à Violência Sexual escrevem Carta

Documento reúne propostas para o enfrentamento à violência

Semana de Ação Mundial está com inscrições abertas

Ação é coordenada pela Campanha Nacional pelo Direito à Educação e tem como tema os cortes orçamentários na educação