Fórum Estadual do Distrito Federal

  • Noticias

  • Agenda

  • Biblioteca

  • Contato

Notícia

12/04/2018 12:38:34 - Atualizado em 12/04/2018 12:38:35


Coletivo da Cidade realiza Seminário Cidade Educadora: construindo um território de proteção e aprendizagem

Seminário será no dia 13 de abril, no IFB da Cidade Estrutural

O Coletivo da Cidade, entidade que atua na  proteção integral de crianças e adolescentes na Cidade Estrutural, em parceria com o Instituto Cultiva de Belo Horizonte, tem o prazer de convidá-la para o Seminário: Cidade Educadora: construindo um território de proteção e aprendizagem, a realizar-se no dia 13 de abril, no Instituto Federal de Brasilia, Campus Estrutural. 
 
O Seminário dá início ao projeto “Cidade Educadora”, uma iniciativa inovadora na região centro-oeste, financiado com recursos do Fundo dos Direitos de Crianças e Adolescentes do Distrito Federal, e tem o objetivo de fortalecer a aprendizagem e o desenvolvimento de crianças e adolescentes, com uma metodologia de territorialização e mobilização familiar e comunitária em prol da educação na Cidade Estrutural.  
 
O seminário é aberto à participação de toda rede do Sistema de Garantia de Direitos, comunidade local, agentes públicos e sociedade civil organizada. 
 
 
 

Fonte: Coletivo da Cidade


Deixe seu comentário

Login

Comentários (0)

Destaques

Intoxicação por agrotóxicos atinge as escolas rurais

Noventa crianças e jovens, intoxicadas em Goiás em 2013, estão abandonadas, denuncia o então diretor da escola - demitido e silenciado

Comentário Geral nº 19 da ONU recebe primeira tradução em língua portuguesa

Documento disponível para download aborda a elaboração de orçamentos públicos para efetivar os direitos das crianças

FNPETI debate a prevenção do envolvimento de crianças e adolescentes no tráfico de drogas

Grupo de trabalho realizou o primeiro de três encontros na quinta-feira (12)

FNPETI lança campanha #votepelosdireitos no aniversário do ECA

Mobilização chama a atenção para a necessidade de escolher candidatos que tenham compromisso com os direitos humanos, principalmente de crianças e adolescentes