Fórum Estadual do Ceará

  • Noticias

  • Agenda

  • Biblioteca

  • Contato

Notícia

13/12/2017 13:49:56 - Atualizado em 13/12/2017 13:49:56


MPT-CE realiza audiência sobre prevenção primária à corrupção

Evento ocorre nesta quinta-feira (14), na sede do MPT-CE

O Ministério Público do Trabalho no Ceará (MPT/CE) realizará Audiência Coletiva sobre Prevenção Primária à Corrupção, que será realizada no dia 14/12/2017, às 9h, na sede do MPT/CE, localizada na Av. Almirante Barroso, 466, Praia de Iracema, Fortaleza-CE.
 
Por ocasião do evento serão apresentadas as ações do Plano Nacional do Prevenção Primária à Corrupção (PNPPC), coordenado pelo Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) e pela Controladoria Geral da União (CGU), com a colaboração do MPT e diversos outros órgãos e entidades que compõem a Estratégia Nacional de Combate à Corrupção e Lavagem de Dinheiro (ENCCLA).
 
Outrossim, serão debatidas as estratégias para o fortalecimento das ações de prevenção primária à corrução no Estado do Ceará, em especial a execução dos três pilares do PNPPC, quais sejam, a campanha Todos Juntos contra a Corrupção, o fomento à execução e à disseminação de boas práticas (Banco de Propostas) e a ampliação da Rede Colaborativa.
 
Esclarecimentos e informações adicionais podem ser solicitados através do email todosjuntoscontraacorrupcao@gmail.com ou do WhatsApp 85-9 9165-7999.
 


Deixe seu comentário

Login

Comentários (0)

Destaques

Ativistas da Iniciativa 100 Milhões por 100 Milhões manifestam-se sobre ataque à Síria

Em textos, ativistas conclamam às nações que busquem o retorno da paz à Síria por meio de caminhos legítimos

Brasil é líder no ranking de violência contra a criança na América Latina

Pesquisa da Visão Mundial avaliou a percepção da sociedade sobre a violência contra crianças e adolescentes

Organizações reativam Fórum do DF

Coletivo da Cidade e FNPETI articularam reunião. Próximo encontro será no final de abril

Conanda repudia projeto que transfere para a Segurança Pública a gestão do Sistema Socioeducativo

Projeto de lei apresentado pelo deputado federal Alberto Fraga fere direitos dos adolescentes