Fórum Estadual de Alagoas

  • Noticias

  • Agenda

  • Biblioteca

  • Contato

Notícia

19/09/2018 19:31:55 - Atualizado em 03/10/2018 14:07:48


Projeto Vilas do Mundaú é apresentado em seminário

Fetipat foi representado pela Visão Mundial no 2º Seminário de Economia Circular

A Secretaria de Desenvolvimento Territorial e Meio Ambiente (Sedet) participou na manhã desta quarta-feira (19), do 2° Seminário de Economia Circular, com a apresentação no Painel ‘O que acontece no Mundaú’?

Na oportunidade, o secretário adjunto de Habitação Popular, Anderson Alencar, mostrou aos participantes o Projeto Vilas do Mundaú, que prevê a revitalização e reurbanização da orla lagunar de Maceió, levando moradia digna e qualidade de vida para a população dos assentamentos localizados às margens da laguna.

O projeto está em fase de conclusão e prevê a construção de 1776 unidades habitacionais verticais na própria orla lagunar, além de toda reestruturação urbana, com o objetivo de proteger a laguna Mundaú.

Para viabilizar a construção será necessário fazer uma modificação na atual via de tráfego, tudo observando os parâmetros urbanísticos da cidade e a proteção do meio ambiente.

As famílias que serão beneficiadas com moradia já foram identificadas pela Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) e fazem parte das comunidades Torre, Sururu do Capote, Peixe e Muvuca.

O projeto também prevê a construção de equipamento adequado para o beneficiamento do sururu, o que também trará oportunidade de geração de emprego e renda para quem tira o sustento da lagoa.

A contratação das obras deverá ser efetivada até o final deste ano e faz parte do Projeto Minha Casa Minha Vida, já selecionado pelo Ministério das Cidades.

Toda a concepção da ideia foi apresentada à comunidade por meio de organizações não governamentais como a Visão Mundial(Fetipat) e Manda Ver. A Procuradoria do Trabalho (Fetipat)e o Ministério Público Estadual (MPE) também já conhecem o projeto.

Segundo o secretário Anderson Alencar as ações de intervenção na região lagunar irão trazer inúmeros benefícios: “da melhor qualidade de vida para os moradores até condições adequadas do saneamento básico e saúde para a população da região”, enfatizou Anderson.

Ascom Sedet

Fonte: Prefeitura de Maceió


Deixe seu comentário

Login

Comentários (0)

Destaques

CONTAG repudia proposta de modalidade de ensino à distância no campo

Educação do campo precisa acontecer no campo e com currículos escolares ajustados ao contexto e à realidade dos povos do campo

MIEIB lança nota pública em defesa da democracia e dos direitos humanos

Nota refere-se ao contexto das eleições para Presidência do Brasil

FNPETI realiza última plenária do ano

Organizações integrantes se reúnem para balanço das ações de 2018 e planejamento do próximo ano

SINAIT comemora 30 anos de existência com seminário

“Seminário Internacional 30 anos da Constituição Cidadã e um ano da Reforma Trabalhista” reúne especialistas em Brasília