Fórum Estadual de Alagoas

  • Noticias

  • Agenda

  • Biblioteca

  • Contato

Notícia

18/07/2018 15:41:16 - Atualizado em 30/07/2018 15:08:40


Educação comemora 28 anos do ECA com seminário

O evento, que teve como tema “Não Proteger a Infância é Condenar o Futuro”, ocorreu em parceria com o Ministério Público do Trabalho (MPT) e foi realizado no auditório da Casa da Indústria, no bairro

Nesta terça-feira (17), a Secretaria Municipal de Educação de Maceió (Semed) comemorou os 28 anos do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) com um seminário. O evento, que teve como tema “Não Proteger a Infância é Condenar o Futuro”, ocorreu em parceria com o Ministério Público do Trabalho (MPT) e foi realizado no auditório da Casa da Indústria, no bairro Farol.

Professores, conselheiros tutelares e gestores da educação participaram do seminário.

Professores, conselheiros tutelares e gestores da educação participaram do seminário. Foto: Ascom Semed

A recepção do seminário foi realizada por crianças que ofereciam abraços aos participantes.

Participantes do seminário foram recepcionados com abraços

Participantes do seminário foram recepcionados com abraços. Foto: Ascom Semed

A secretária-adjunta de Educação de Maceió, Maridalva Passos, pontuou que a Semed trabalha de modo incansável para que todas as crianças estejam na escola. “Nossa contribuição é no sentido de garantir que todas as crianças estejam na escola, porque lá é o lugar delas. Outro papel importante que desempenhamos é orientando os pais para que eles não coloquem as crianças para trabalhar”, destacou.

Autoridades participaram da mesa de debate

Autoridades participaram da mesa de debate. Foto: Ascom Semed

O seminário contou com a participação da procuradora do Ministério do Trabalho, Virgínia Ferreira, que debateu sobre o Trabalho Infantil em Alagoas. “O trabalho infantil é a perpetuação da miséria, não podemos deixar esse ciclo continuar. Nós devemos quebrá-lo e a educação é vital para mudar essa realidade”, declarou.

O ECA foi constituído pela Lei 8.069 no dia 13 de julho de 1990 e regulamenta os direitos das crianças e dos adolescentes pela Constituição Federal de 1988. A lei detalha os direitos e deveres da criança, pais, gestores públicos, profissionais de saúde e conselheiros tutelares, além de estabelecer punições de maus tratos, políticas de atendimento, assistência e medidas de proteção socioeducativas.

Hebert Borges (estagiário)/ Ascom Semed

Fonte: SEMEDE/MACEIÓ


Deixe seu comentário

Login

Comentários (0)

Destaques

SINAIT comemora 30 anos de existência com seminário

“Seminário Internacional 30 anos da Constituição Cidadã e um ano da Reforma Trabalhista” reúne especialistas em Brasília

Aberta a votação do Eleitor Mirim, onde criança também tem voz!

Programa é realizado em anos eleitorais, com a contribuição de professores

FNPETI participa da cerimônia de posse do Comitê de adolescentes do CDCA

Mais de 30 adolescentes tomaram posse no Conselho do DF

FNPETI participa de roda de conversa com adolescentes e jovens do Programa Primeiro Passo

A importância do voto no exercício da cidadania e o papel dos políticos foram os temas da conversa