Fórum Estadual de Alagoas

  • Noticias

  • Agenda

  • Biblioteca

  • Contato

Notícia

12/06/2018 15:27:41 - Atualizado em 13/06/2018 15:16:19


Ações de conscientização marcarão semana de combate ao trabalho infantil

Seades estará na capital e no interior do Estado com ações voltadas para o poder público e a sociedade civil

Seades aderiu à campanha do Fórum Nacional de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil, que tem como tema 'Não proteger a infância é condenar o futuro'

 

Texto de Renata Bello
 

 

Desde 2012, quando foi instituído, pela Organização Internacional do Trabalho (OIT), celebra-se o Dia Mundial Contra o Trabalho Infantil. Sabendo da importância de combater este problema social, a Secretaria de Estado da Assistência e Desenvolvimento Social (Seades) apoiará, ao longo deste mês, diversas ações em alusão à data.

 

Para 2018, o Fórum Nacional de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil (FNPETI) escolheu como tema ‘Não proteger a criança é condenar o futuro’ e chama a atenção para as piores formas de trabalho infantil.

 

Entre as atividades proibidas para pessoas com menos de 18 anos, por causarem prejuízos graves ao desenvolvimento pleno de meninas e meninos, podendo causar acidentes e até levar à morte, estão atividades na agricultura, o trabalho doméstico, o trabalho informal urbano, o trabalho no tráfico de drogas e a exploração sexual.

 

Segundo o secretário Fernando Pereira, as ações a serem desenvolvidas ao longo do mês visam assegurar os direitos desse público, conforme o que está previsto no Estatuto da Criança e Adolescente (ECA), e mobilizar agentes públicos e a sociedade civil para que todas as crianças tenham direito à infância segura, à educação e à saúde, livres da exploração e de outras violações.

 

“Nesta segunda-feira (11) estaremos na audiência pública na Câmara Municipal de Maceió, para falar sobre nossas ações de enfrentamento ao trabalho infantil. Na terça-feira (12), uma equipe de técnicos proferirá palestra sobre o tema em Palmeira dos Índios e, na quinta-feira (14), estaremos em Traipu para mais uma audiência pública. A programação será encerrada na sexta-feira (15), em Japaratinga, chamando atenção do poder público e da sociedade civil’, afirmou o secretário.

 

Segundo dados do PNAD, em 2015, Alagoas reduziu em 35,4% os casos de trabalho infantil, sendo foi o terceiro Estado do país e o segundo do Nordeste com maior índice de redução.

 

“Os números demonstram o resultado direto das ações de sensibilização, monitoramento e planejamento realizadas pelo Governo de Alagoas junto aos municípios com maiores índices de crianças e adolescentes em situação de trabalho infantil”, concluiu o secretário.

 

Fonte: Agência Alagoas


Deixe seu comentário

Login

Comentários (0)

Destaques

Intoxicação por agrotóxicos atinge as escolas rurais

Noventa crianças e jovens, intoxicadas em Goiás em 2013, estão abandonadas, denuncia o então diretor da escola - demitido e silenciado

Comentário Geral nº 19 da ONU recebe primeira tradução em língua portuguesa

Documento disponível para download aborda a elaboração de orçamentos públicos para efetivar os direitos das crianças

FNPETI debate a prevenção do envolvimento de crianças e adolescentes no tráfico de drogas

Grupo de trabalho realizou o primeiro de três encontros na quinta-feira (12)

FNPETI lança campanha #votepelosdireitos no aniversário do ECA

Mobilização chama a atenção para a necessidade de escolher candidatos que tenham compromisso com os direitos humanos, principalmente de crianças e adolescentes